• Eliana N Barboza

Empreender depois dos 50? Sim, você pode!

A partir dos 40 anos, muitas mulheres podem estar esperando apenas a aposentadoria chegar, será isso mesmo? Claro que não!

A mulher de hoje, tem um potencial enorme e não deve joga-lo fora, apenas porque a idade está chegando, e que idade é essa?

Esperar pela aposentadoria parece um sonho, afinal não ter horário para levantar, comer, ir dar uma volta no shopping, fazer tudo no seu ritmo, não é somente o que importa. Apesar de parecer um paraíso, existem algumas mulheres que viver essa fase pode representar uma falta de propósito e até mesmo levar a depressão!

Com o objetivo de driblar o tempo ocioso, muitas pessoas têm investido no empreendedorismo na terceira idade. Para se ter uma ideia, uma pesquisa mostrou que, em 2014, 8% das pessoas que iniciaram algum empreendimento tinham entre 50 e 64 anos.

Parece pouco, mas esse percentual aumentou consideravelmente de uns anos pra cá — em 2002 era 6%. A verdade é que há inúmeros benefícios em empreender na terceira idade, afinal, essa é a época em que temos mais expertise e menos medo dos riscos.

Vou te apresentar outras vantagens:


A idoso tem mais conhecimento e expertise


A idosa acumulou ao longo de vários anos uma biblioteca de conhecimento, ele sabe o que dá certo, o que não dá, o que rende, o que não rende, tem uma bagagem gigante e invejável, então aproveite!

Além disso, quem abre um negócio na terceira idade está, geralmente, buscando a realização pessoal — a rentabilidade fica em segundo plano. Por essa razão, o aposentado tem menos medo dos riscos, o que é considerado um fator positivo no mundo corporativo.


A rede de contatos na terceira idade é ampliada:


Depois de trabalhar por tantos anos, é provável que já se tenha uma rede de contatos qualificada. E sabemos que o networking é essencial em qualquer área, concorda?

Além disso, o aposentado sabe como ninguém mapear os pontos fracos e fortes das habilidades e competências individuais. Essa combinação (experiência + networking) aumenta as chances dele fechar ótimas parcerias e de montar uma equipe engajada e de sucesso.


O empreendedorismo na terceira idade diminui o tempo ocioso


O trabalho tem um significado que vai muito além de gerar receita. Fazer o que se gosta, é o caminho do bom empreendedor. É desta forma que a idosa vai se entender como útil, podendo exercitar tanto a sua mente como o seu corpo.

Como consequência, ela se tornará mais feliz e se sentirá parte da sociedade. Entretanto, para que os resultados sejam satisfatórios, é importante que a pessoa escolha uma área prazerosa, que ocupe tempo sem causar estresse e esgotamento.

É uma excelente oportunidade para tornar aquele hobby um trabalho, por exemplo. O mais importante, portanto, é escolher um negócio que dê prazer!


Oportunidade de completar a renda


Além de diminuir o tempo ocioso do idoso, o empreendimento é sinônimo de renda extra. Sendo assim, ter um negócio é uma excelente alternativa para quem deseja ter dinheiro sobrando para viajar, ajudar os filhos ou comprar um apartamento novo, por exemplo.

Além disso, sabemos que os gastos aumentam consideravelmente na terceira idade, afinal, os médicos, os remédios e os exames de rotina se tornam mais frequentes. Por essa razão, é muito importante ter um patrimônio extra para as situações emergenciais.

A terceira idade reúne todas as características de um empreendedor de sucesso

E você que está lendo este artigo se tem mais de 50 anos, saiba que sua chance pode estar em um novo empreendimento, pense nisso!



0 visualização

© 2023 por Consultoria de sucesso. Orgulhosamente criado com Wix.com

  • Wix Facebook page
  • Twitter Classic
  • Google Classic